2850 profissionais de logística usam o software de logística da Fretefy

Saiba mais

Cálculo de cubagem errado causa acidentes nas rodovias

Blog

/
Cálculo de cubagem errado causa acidentes nas rodovias
Cálculo de cubagem errado causa acidentes nas rodovias

O cálculo de cubagem errado não apenas é desperdício de dinheiro quando sobra espaço nas carrocerias dos veículos, mas também é perigoso nas estradas. Os acidentes automobilísticos envolvendo caminhões costumam ser mais fatais do que os outros. De acordo com o Atlas de Acidentalidade no Transporte Brasileiro, eles representam 43% das mortes no trânsito em 2017. Um dos motivos para essas fatalidades é o excesso de peso de carga (consequência do erro de cálculo da cubagem) que alguns caminhões carregam. Entenda porque o peso acima do permitido pode aumentar o número de sinistros e a multa para quem infringe a lei.

O excesso de peso de carga por erro de cálculo de cubagem

O excesso de peso de carga deixa os caminhões mais instáveis, potencializando o risco de tombamento. O tempo de frenagem também aumenta e os freios podem ficar sobrecarregados, colocando em risco o condutor e os demais presentes na estrada.

Os caminhões com excesso de peso de carga causam maior desgaste nas rodovias e, consequentemente, aumenta os riscos de acidentes com veículos leves. Segundo um estudo realizado pela NTC (Agência Nacional do Transporte de Carga), o excesso de peso em 10% já é o suficiente para aumentar em 46% o desgaste das rodovias. Além de comprometer a segurança, as avarias nas estradas causam prejuízos materiais e financeiros também, como redução na vida útil dos pneus e suspensões, prejudicando as vias não somente para a circulação de caminhões, mas para todos os tipos de veículos.

Excesso de peso de carga é considerado infração de trânsito

Além de causar acidentes, a multa por excesso de peso de carga é considerada uma infração média de acordo com o Código Brasileiro de Trânsito (CTB). Quem ultrapassar o limite permitido pode arcar com uma multa no valor de R$130,16. O veículo também pode ser retido para o transbordo da carga excedente, por isso é bem importante saber calcular a cubagem dos veículos da frota.

O valor da multa pode aumentar a cada 200 quilogramas acima do permitido. A cobrança acontece da seguinte forma:

  • até 600 kg de excesso — R$ 5,32;
  • a partir de 601 Kg até 800 Kg — R$ 10,64;
  • a partir de 801 Kg até 1.000 Kg — R$ 21,64;
  • a partir de 1001 Kg até 3.000 Kg — R$ 31,92;
  • a partir de 3.001 Kg até 5.000 Kg — R$ 42,56;
  • 5.000 Kg ou mais — R$ 53,20.

Segundo uma resolução do CONTRAN, quando a fiscalização do peso for feita por uma balança rodoviária, há uma tolerância de 5% de excesso para o peso bruto total (PBT) e peso bruto total combinado (PBTC). Quando falamos de peso por eixos, a tolerância é de até 10%.

Quando a fiscalização por balança não é possível, ela é realizada através da análise das notas fiscais. Vale ressaltar que, nesse caso, não há tolerância para excesso de peso.

Controlar o peso da carga transportada é fundamental para garantir a segurança do condutor e dos outros motoristas na estrada, além de assegurar que a carga chegue segura ao destino final. Seja frota própria ou terceirizada, o gestor deve estar ciente sobre os limites permitidos e garantir que a transportadora respeite a legislação.

O que é Cubagem?

De modo geral, o termo cubagem se refere ao volume de um objeto, calculado pela fórmula comprimento x altura x largura. Porém, no universo logístico, trata-se da relação entre o peso de um produto e o espaço que ele ocupará dentro do veículo de transporte. Seu cálculo é feito a partir de uma constante conhecida como fator de cubagem, equivalente à capacidade de peso por m³ do caminhão.

Fator de cubagem de caminhão

Trata-se de um número que equivale ao peso ideal em relação ao m³ dentro do veículo. Esse número já é pré-fixado e varia de acordo com o modal do transporte.

  • Rodoviário: 300 kg para carga fechada e 250 kg para carga fracionada;
  • Marítimo: 1.000 kg;
  • Aéreo: 166,7 kg.

No transporte de carga fracionada, como são carregados produtos variados de tamanho e peso diferentes, considera-se um fator de cubagem de caminhão menor. Pois dessa forma fica difícil preencher todos os espaços do veículo.

Como calcular o peso cubado?

O peso cubado é o valor que representa o espaço que a carga realmente ocupa no veículo. Para calcular a cubagem, basta multiplicar a metragem cúbica, que é a altura x largura x comprimento pelo fator de cubagem.

Se a mercadoria pesa 1.500 kg e é composta de 3 caixas que medem cada uma 2m de largura, 2m de comprimento e 2m de altura. Toda as caixas juntas ocupam 24m³. Para transportar os 24m³ em peso, basta multiplicar o m³ pelo fator de cubagem.

Exemplo utilizando o fator de cubagem do transporte rodoviário: 24m³ X 300 = 7.200.  Desta forma, temos uma mercadoria que pesa 1.500 kg e ocupa o lugar de 7.200 kg no caminhão. Tendo isso em mente, o cálculo do frete deve ser feito com base ao peso cubado de 7.200 kg, por ser o maior peso.

Se uma mercadoria possuir as mesmas características que o exemplo acima e o peso for maior que 7.200 kg como por exemplo: 9.000 kg. Deve se considerar para efeito de cálculo o peso real (9.000 kg) e não o peso cubado (7.200 kg). Já que 9.000 é maior que 7.200.

Ao finalizar o cálculo de cubagem, conseguimos determinar o espaço e peso reais que determinada carga ocupará dentro do veículo, chamado de peso cubico.

A cubagem é de extrema importância para  garantir a rentabilidade dos serviços da empresa pela associação entre peso e volume das mercadoria, evitando distorções. Garantindo a economia de recursos, agilidade nas entregas, maior lucro e eficiência para calcular o valor do frete.

Composição da capacidade de peso dos veículos

Existem programas que fazem o cálculo da cubagem?

Com o avanço de tecnologias nós da Fretefy desenvolvemos uma solução que faz a consolidação de pedidos e automaticamente faz a montagem de carga considerando o cálculo da cubagem.

Exemplo é o módulo de montagem de carga da Fretefy que além de fazer o cálculo da cubagem da consolidação dos pedidos, o sistema também sugere a melhor carroceria otimizando a taxa de ocupação dos caminhões e planeja a ordem de entrega.

Não será necessário saber fórmulas, usar calculadoras ou planilhas para encontrar a melhor taxa de ocupação dos veículos.

Conheça melhor nosso módulo de Montagem de Carga, clique aqui!

Última atualização:

3

de

February

de

2022

Deixe seu comentário sobre esse artigo