2850 profissionais de logística usam o software de logística da Fretefy

Saiba mais

Gestão de fretes em 2022: saiba como fazer!

Blog

/
Gestão de fretes em 2022: saiba como fazer!
Gestão de fretes em 2022: saiba como fazer!

Uma das tendências de 2020 e 2021 foi o aumento das compras pela internet. Dessa forma, as empresas precisaram contar cada vez mais com uma gestão de fretes que seja eficiente. 

Para 2022, com o avanço da tecnologia, também existem tendências que envolvem o uso de inteligência artificial, rastreamento de ativos e, até mesmo, o uso de drones, demandando a implementação de tecnologias na logística e uma tendência ao aumento de compras online, exigindo processos mais inteligentes e dinâmicos.

Dessa forma, é importante que as empresas conheçam quais são essas tendências, para estarem atualizadas no mercado e realizarem uma entrega de produtos com qualidade para o cliente. Os detalhes sobre esse tema, você confere no decorrer deste artigo.

A gestão de fretes: aspectos iniciais

Um dos elementos mais importantes para as empresas é a organização do seu estoque, que é feita pelo setor da logística. 

Esse setor fica responsável pela separação e organização de mercadoria, tendo como objetivo evitar que o estoque fique sobrecarregado.

Dessa forma, o setor também se responsabiliza por organizar as entregas, fazendo com que os produtos cheguem até o cliente com rapidez e sem perdas/quebras. 

Com as compras sendo realizadas cada vez mais pela internet, as empresas precisam se organizar no que se refere à entrega de produtos, identificando:

  • Raio de entrega;
  • Tipo de transporte;
  • Produto;
  • Aspectos ambientais;
  • Prazo da entrega;
  • Se haverá cobrança do frete.

Essa organização precisa ser feita de forma assertiva, evitando que ocorra um atraso no prazo ou que o produto chegue com problemas. 

Dessa forma, existem elementos tecnológicos que podem ajudar o setor da logística, favorecendo o processo de gerenciamento de carga e o deslocamento do produto.

5 tendências para 2022 e um melhor gerenciamento de fretes

Para que você entenda melhor como funciona a gestão de fretes em uma empresa, é fundamental estar de acordo com as mudanças e inovações presentes no mercado. 

Dessa forma, o mercado vem apresentando tendências claras para o mercado - que irão se fortalecer ou iniciar - a partir de 2022, sendo também aprimoradas pelo desenvolvimento tecnológico.

Por isso, neste artigo, listamos 5 tendências para o ano de 2022, para que sua empresa consiga gerenciar melhor os fretes, além de promover uma entrega com qualidade para o cliente.

1. Redução de transportes poluentes

Uma das grandes preocupações das empresas, no século 21, é com a sustentabilidade ambiental. 

Essa questão não diz respeito somente a ações que ajudam a proporcionar uma melhora na imagem da organização, mas a um conjunto de práticas, ideias e ações que visam a conservação e recuperação do meio ambiente.

Dessa forma, as empresas têm buscado reduzir a emissão de poluentes com suas atividades, sobretudo, aqueles que causam o aquecimento global. 

Para se ter uma ideia, existem combustíveis que são considerados de menor impacto ambiental, como é o caso de automóveis com bateria, assim como à base de energia solar. 

Com isso, de modo a otimizar as ações e reduzir a pegada ambiental, mantendo a qualidade dos serviços e adotando ações mais sustentáveis e que podem ser usadas para valorizar a marca, as empresas podem adotar os novos modelos de veículos para entrega. 

Ainda, existem combustíveis que são feitos com cana-de-açúcar, evitando a emissão de gases de poluição, como no caso da gasolina e do diesel.

Essa questão do transporte sustentável foca-se também na troca de peças de forma preventiva, evitando um desgaste maior dos pneus e promovendo uma economia de combustível.

Essa consciência das empresas tem aumentado não somente em relação ao transporte dos produtos, mas na forma como eles são armazenados na empresa e no próprio trajeto. 

Com isso, as empresas têm reduzido as embalagens de plástico e apostado no uso de material biodegradável. Ou seja, existem várias formas que uma empresa pode investir para se manter sustentável no mercado e reduzir os impactos ambientais.

2. Robô que consegue separar a mercadoria

O uso de robôs e das máquinas para a realização de atividades já é uma realidade em diversos ambientes industriais. 

Nesse caso, não há uma intervenção humana nas operações, o que vem sendo uma tendência no setor da logística de entregas, ou da logística dos fretes.

Chamado também de inteligência artificial, cada vez mais se espera que as máquinas sejam programadas para a realização de atividades, como separar mercadorias, pedidos, armazenar e verificar aspectos do estoque com rapidez e qualidade.

Com isso, podemos destacar a realização de atividades como:

  • Leitura ótica;
  • Radiofrequência;
  • Comandos de voz,
  • Automatização de sistemas por meio de softwares.

Inclusive, nesse processo, existem vários softwares e ferramentas de tecnologia que podem ser utilizadas, levando em conta a transmissão de voz, assim como a inteligência artificial, para agregar bons resultados para sua empresa e todo o processo de armazenamento e organização dos pedidos para entrega.

Essa é uma forma muito interessante de fazer com que sua empresa tenha um bom destaque no cenário competitivo, já que com o uso da inteligência artificial é possível pensar na contratação de um serviço de entrega remota.

3. Entrega de produtos por drones

Os drones são conhecidos como veículos aéreos não tripulados, que podem ser conduzidos por controladores ou programados para a realização de um voo. 

A entrega por drone já é uma realidade e começou sendo testada por meio de aplicativos que realizam a entrega de comida.

Geralmente, esse tipo de entrega ocorre para um raio pequeno, de até 3 quilômetros e suporta um peso de até 2,5 kg. 

Mas, ainda assim, representa uma grande inovação do ponto de vista tecnológico, levando em conta que entregas rápidas podem ser realizadas de uma forma simples, prática e eficiente, trazendo um novo cenário para as entregas no futuro.

Para que esse tipo de ação ocorra, é importante que a empresa conheça algumas regras, pois não é permitido que o drone voe sobre as pessoas, além do fato que existem condições meteorológicas e regras relacionadas à altura máxima que precisam ser respeitadas para que o processo ocorra com segurança.

Isso pode ser um avanço também no que se refere à própria segurança do motoboy, já que partes e trechos da estrada que são perigosas podem ser sobrevoadas por drone, com o motoboy fazendo a entrega de um trecho no final. 

Sem dúvidas, esse é um aspecto de inovação tecnológica que vai crescer e ganhar ainda mais destaque no mercado.

4. Caminhões com inteligência artificial

Falando acerca da inteligência artificial, que ocorre quando máquinas são programadas para realizar atividades, podemos afirmar que ocorre maior eficiência nessas ações. 

No caso do desenvolvimento tecnológico, é possível controlar veículos à distância, fazendo com que o caminhão se desloque de forma autônoma.

É importante ressaltar que esse tipo de ação ainda não é uma realidade, mas que testes no Brasil e no mundo vêm sendo realizados com o objetivo de verificar como funcionaria essa ação. 

Existem várias vantagens na aplicação de veículos que contam com a inteligência artificial na condução, otimizando percursos e entregas. Dentre as principais, podemos destacar a redução de gastos, de equipe e maior eficiência nas entregas.

Apesar de ainda não ser uma realidade nas estradas, em diversos locais que trabalham com plantações, a agricultura já se apropriou desse elemento, contando com máquinas que realizam o trabalho de campo de forma automatizada.

5. Parceria com startups

Outra tendência que precisamos destacar é o crescimento das startups no Brasil, inclusive, no setor de logística. 

Isso abriu diversas possibilidades de se investir na área de tecnologia voltada à gestão de entregas e dos fretes, pensando em tornar as operações mais eficazes, rápidas e seguras.

Mas, como funciona essa parceria com as startups? 

Basicamente, essa ação permite que os processos sejam automatizados, assim como haja uma redução do tempo para a realização de tarefas, entregas mais rápidas, uso da internet das coisas ou do big data, melhora no gerenciamento de atividades e, até mesmo, a entrega de produtos com uso de drone, que já falamos neste artigo.

Dessa forma, é essencial identificar startups que trabalham com o desenvolvimento tecnológico e que podem ser fundamentais no momento de ajudar sua empresa a crescer e obter destaque no cenário competitivo, verificando os serviços oferecidos e como eles podem ser implementados nas linhas de entrega para agilizar e melhorar os processos.

Por que investir em tecnologia para a gestão de fretes?

Agora que você já conhece algumas tendências no gerenciamento de fretes para 2022, é importante entender os motivos pelos quais é importante que sua empresa realize esse investimento. Dessa forma, podemos destacar alguns benefícios, que são:

  • Aumento das vendas online;
  • Maior credibilidade no mercado;
  • Destaque diante da concorrência;
  • Realização de entregas com maior eficiência;
  • Processos automatizados;
  • Melhora no rendimento da empresa;
  • Redução de custos desnecessários.

Ou seja, sua empresa consegue agregar valor diante do mercado, além de obter maior número de vendas e gerar uma confiança no cliente, garantindo que ele receberá um produto com qualidade. 

Essa ação é importante também do ponto de vista do Inbound marketing ou marketing de atração, já que uma entrega eficiente consegue chamar a atenção do cliente, fidelizar o consumidor e garante novas compras (seja desse usuário ou a partir de suas indicações).

Diante disso, vale a pena realizar um planejamento financeiro para conseguir se organizar em relação à logística de entrega dos produtos, pensando sempre em fornecer vantagens aos clientes e aplicar melhorias significativas nas linhas de entrega.

Última atualização:

3

de

February

de

2022

Deixe seu comentário sobre esse artigo