Whatsapp

 Solicite Demonstração

A importância do rastreador para caminhões

O rastreador para caminhões se tornou um item essencial no Brasil. Atualmente, o país está na 6ª posição entre as nações mais perigosas para transportar cargas, ficando atrás apenas de locais em situação de guerra, como Iraque, Síria e Afeganistão. Dados da Firjan (Federação das Indústrias do Estado do Rio de Janeiro) evidenciam que, em 6 anos, o território brasileiro registrou 22 mil casos de roubo de cargas anualmente.

Para contornar esta situação e aumentar as chances de recuperação das cargas, embarcadores e transportadoras têm investido amplamente em gerenciamento de risco e rastreamento veicular. Estima-se que o Brasil tenha mais de 1 milhão de veículos rastreados, sendo o transporte rodoviário de cargas o setor que mais utiliza esta tecnologia.

Tipos de rastreador para caminhões

As tecnologias de rastreamento e acompanhamento podem ser instaladas tanto no caminhão quanto nas cargas, especialmente quando são produtos valiosos, como eletrônicos, cigarros, comidas, itens farmacêuticos e bebidas.

Atualmente, existem três tipos principais de tecnologias de rastreador para caminhões: radiofrequência, satelital e GPRS.

De forma geral, o funcionamento é semelhante: sempre quando o veículo está ligado, o dispositivo emite dados relacionados à localização e à velocidade de deslocamento do caminhão, permitindo que seja localizado rapidamente caso algo acontecer.

Radiofrequência: neste formato, a localização do rastreador é identificada através da triangulação dos sinais de grandes antenas receptoras – as mesmas responsáveis pelo sinal de telefonia móvel. A principal vantagem do rastreamento por radiofrequência é a eficiência e possibilidade de localizar caminhões até mesmo em ambientes fechados.

Via satélite: na órbita da terra existem dezenas de satélites, que recebem os sinais emitidos pelo rastreador satelital e fazem a decodificação para encontrar o veículo. A tecnologia Global Position System (GPS) é a base deste modelo.

GPRS: este é o formato mais popular e barato, utilizando a cobertura de telefonia móvel já existente para conseguir captar os sinais do rastreador para caminhões. O equipamento recebe as informações enviadas pelo caminhão, decodifica e transmite para atendentes na Central de Atendimento responsável, que comunicam ao cliente através da internet.

Isca de carga

A isca de carga é um produto bastante comercializado. Trata-se de um equipamento com bateria de longa duração, que é instalado na embalagem da carga ou na caixa onde ela será transportada. Empresas do segmento afirmam que a taxa de recuperação ultrapassa 80% com esta tecnologia. Os dois tipos mais populares são o descartável e o retornável.

Entre as vantagens, destacam-se: tamanho reduzido, imune a bloqueadores de sinais (jammer), permite rastreamento em tempo real e em todas as regiões brasileiras.

O que fazer se o veículo rastreado for roubado?

Segundo a Polícia Rodoviária Federal, as chances de recuperar um caminhão são maiores nas primeiras horas após o roubo. O rastreador veicular busca aumentar essas possibilidades e fornecer para a polícia a localização exata (ou aproximada) do veículo.

Imediatamente após o incidente, é fundamental informar os órgãos responsáveis e a Central de Emergência da empresa responsável pelo rastreador veicular. Desta forma, o trabalho em conjunto favorece a recuperação do caminhão.

Outros benefícios de um rastreador para caminhões

Reduzir custos, evitar prejuízos e aperfeiçoar a gestão da frota são as principais vantagens do rastreador para caminhões. Contudo, existem diversos outros benefícios proporcionados pela tecnologia.

Gestão inteligente de cargas e frotasTelemetria: a telemetria está diretamente relacionada ao rastreador para caminhões, mas podemos afirmar que ela se encontra em um nível acima, com maior complexidade. Enquanto o rastreamento engloba somente a localização do caminhão, a telemetria utiliza a tecnologia satelital ou de radiofrequência para coletar dados a distância e ter controle total sobre o veículo e condutor.

Através desta técnica de gestão de frota, o gestor tem acesso a velocidade média dos veículos, paradas bruscas e desvios de rotas. Como resultado, a empresa consegue fazer treinamentos para qualificar seus profissionais e identificar falhas nos caminhões que precisam ser corrigidas.

Jornada de trabalho: além de monitorar as encomendas e o caminhão, os dispositivos auxiliam no controle da jornada dos motoristas. Muitas transportadoras utilizam a tecnologia para verificar em quais horários o veículo esteve desligado e, consequentemente, quais foram os períodos de descanso do caminhoneiro.

Controle de cargas refrigeradas e congeladas: transportadoras que trabalham com produtos refrigerados ou congelados, como alimentos e medicamentos, precisam ter controle total sobre a temperatura destes itens. Em projetos especiais, é possível que o rastreador veicular seja integrado ao termostato do caminhão e informe quando a temperatura mínima ou máxima permitida for ultrapassada.

Diminuição no custo do seguro: muitas seguradoras fazem parceria com empresas e pessoas físicas para diminuir o valor do seguro em troca da instalação de um rastreador veicular. Quando adquirir novos caminhões ou renovar sua apólice de seguro, pesquise esta opção para verificar se os valores se encaixam no seu planejamento financeiro.

Por que um caminhoneiro autônomo deve ter rastreador?

O rastreador veicular pode ser utilizado tanto por transportadoras quanto caminhoneiros autônomos e pessoas que possuem carros de passeio. Muitas seguradoras fazem parcerias para diminuir o valor da apólice em troca da instalação de um rastreador veicular. O motivo é reduzir o número de fraudes, roubo de veículos e proporcionar maiores chances de recuperação dos caminhões e automóveis.

Atualmente, existem no mercado brasileiro diversas empresas de rastreamento que possuem planos para caminhoneiros autônomos e, permitem, inclusive a locação do equipamento.

Para os motoristas, uma das principais vantagens é prevenir prejuízos, em caso de roubo do veículo, e também proporcionar mais segurança ao embarcador ou transportadora contratante.

Como contratar caminhoneiro com rastreador?

O Fretefy é a mais nova plataforma para encontrar caminhoneiros autônomos, organizar cargas entre os caminhões disponíveis na sua frota e conseguir frete retorno. Além disso, através do aplicativo instalado no celular do caminhoneiro, é possível localizar e rastrear suas cargas em tempo real.

Em relação à funcionalidade de oferta de cargas, o operador cadastra as cargas novas no Fretefy, indica suas características principais, informa o prazo/local de coleta e entrega, e escolhe a forma de publicação.

O Fretefy disponibilizará três formatos para sua gestão online:

Cargas restritas: na publicação restrita, as cargas serão distribuídas somente para os veículos próprios disponíveis na transportadora.

Cargas direcionadas para parceiro: este formato permite somente a distribuição de cargas para veículos de transportadoras parceiras.

Cargas públicas: aqui, você autoriza que sua carga seja ofertada para mais de 150 mil caminhoneiros autônomos.

Graças a uma sofisticada inteligência artificial, analisa a disponibilidade e características dos veículos para fazer a distribuição corretamente e mais adequada.

Para você contratar um caminhoneiro autônomo, publique suas cargas no formato público e você poderá ver detalhes do profissional, acessar os documentos do veículo e negociar valores através do chat online dentro do próprio Fretefy. Outro diferencial da ferramenta é a avaliação de transportadoras e motoristas, desta forma, você pode escolher os profissionais mais indicados à sua necessidade.

Gestão inteligente de cargas e frotas

Comments