Gestão de Entrega

3 formas simples de economizar nas suas rotas de entrega

Planejando rotas de cargas

Fazer o planejamento de rotas de entrega manualmente é uma tarefa ingrata, demorada e que dá margem para muitos problemas, principalmente os ligados ao alto custo.

No entanto, é possível economizar de forma simples na hora de fazer a roteirização. O primeiro passo é identificar os maiores ladrões do lucro da sua empresa nessa tarefa. O segundo é agir de forma preventiva para evitar que eles aconteçam.

A solução pode ser bastante simples e trazer resultados impressionantes. Vamos lá?

Como você faz seu roteiro de entregas?

Você imprime todos os CTes, separa em pilhas de acordo com o destino e depois vai calculando na mão a cubagem e, dependendo de quanto cabe, sabe que o caminhão do Josué é o ideal para essa entrega e já vai ligando pra ele?

Ou você é do time que prefere usar planilhas com macros de dar orgulho, calculadora, sites de cálculo de rotas e de pedágio para depois direcionar suas cargas via mensagem ou e-mail aos seus carregadores?

Ou, ainda, dispensa tudo isso, pois já está há tanto tempo nessa função que sabe exatamente como montar a rota e quantos pedidos vão em cada entrega, tudo de cabeça?

E então? Você se identificou com alguma delas?

O processo de formar cargas é feito assim desde que você se formou na faculdade e que a logística é logística. Com o tempo, ele foi se aprimorando, com alguns recursos disponíveis, mas sempre seguindo a mesma lógica.

Os maiores ladrões de dinheiro da sua roteirização

Não há nada de errado em fazer sua roteirização dessa forma, exceto pelo fato de ser bastante trabalhosa e gerar altos custos que podem ser evitados.

Veja os principais problemas e os gastos gerados por eles na hora de montar seu roteiro de entrega desta forma braçal:

Rota mal feita, com maior distância e mais gastos

Se você faz sua roteirização de forma manual, seus cálculos podem estar subestimados. Isso porque a sua rota, provavelmente, não está otimizada. Ou seja, não está levando em conta o melhor roteiro de entregas ou coletas, com o melhor veículo dentro de sua disponibilidade e taxa de ocupação, no melhor prazo e com a menor distância entre os pontos.

Assim, para montar a rota perfeita, seriam necessárias muitas tentativas e erros para se chegar ao melhor resultado, mesmo contando com a ajuda de sites que calculam a rota, distância, pedágio. Sem contar que, estes cálculos levariam muito tempo e não seriam totalmente precisos.

 

Motorista faz rota que acha melhor, gastando mais

Se você não traça uma rota com paradas definidas dentro de um cronograma planejado, dá margem para que seu motorista siga o caminho que achar melhor.

Isso pode significar pegar outros trabalhos no meio do percurso, aumentar o consumo do combustível e pedágios, atrasar sua entrega, gerar multas por descumprimento dos prazos ou do horário de entrega do seu cliente e muitas outras confusões.

Todas essas situações geram aumento de custos da sua operação. E tudo isso acontece por falta de um roteiro bem definido ou por falta de acompanhamento constante sobre o trajeto que o caminhoneiro está realizando.

 

Pagamento mensal de horas extras 

Ser um formador de cargas não é um trabalho fácil nem rápido. Exige muito tempo só para essa atividade que, muitas vezes, começa antes mesmo do horário do expediente e acaba depois das 18h. Isso significa: horas extras! E muitas. Isso é péssimo para a folha de pagamento, já que vive inflada. Assim como diminui em muito a qualidade de vida de quem trabalha além do horário normal, mesmo ganhando para isso.

Mesmo se a operação é organizada para diminuir essa jornada, a situação não melhora muito, já que ao surgir um novo pedido, este precisa ser ‘encaixado’ na rota já planejada. E aí começa o retrabalho e mais uma hora de tira daqui, põe ali, até caber. E, de novo, olha aí o custo de falta de otimização das entregas aumentando.

Se tudo isso ainda não fosse o suficiente, ainda há na folha de pagamento mais um ou dois salários só para a área do sac entrar em contato com os motoristas para checar se finalizaram as entregas, se estão cumprindo o trajeto, para solicitar a foto do canhoto.

 

Outros problemas que também aumentam os custos

Imprecisão, nível de serviço ruim, falta de garantia, centralização, erro humano, trabalho operacional pesado e muito tempo dedicado a uma operação só.

Cada um deles merece ser aprofundado em um artigo que preparamos para você melhorar os custos da sua programação de entregas.


Como economizar de forma simples nas suas rotas de entrega

Otimização de rotas 

Você sabia que já existem softwares, sites, plataformas e sistemas que fazem o cálculo automático das suas rotas? 

Com a tecnologia, todos aqueles cálculos manuais, planilhas e sequência de CTes se tornam pouco produtivos. A revolução 4.0 já chegou na logística de transporte de cargas e pode ajudar em muito a vida de todos os operadores.

Integrado ao seu ERP ou ao sistema interno que sua empresa utiliza, suas cargas podem ser importadas automaticamente para a geração de um roteiro totalmente otimizado.

Além disso, é possível fazer a gestão de cargas em um só lugar, de forma transparente, unificada e sem intervenção humana.

Sistemas de gerenciamento de carga aproximam a rota perfeita da sua realidade, além de diminuir seus custos e serem bastante precisos.

Gestão de entregas e acompanhamento online

Com um sistema de roteirização, é possível traçar rotas bem definidas que podem ser medidas, acompanhadas e conferidas em tempo real. Em uma só tela, cheque se o motorista está cumprindo o trajeto planejado e se o cronograma está sendo respeitado.

Se algo acontecer no meio do caminho, você pode intervir, entrando em contato com o motorista e também com o seus clientes para remanejar o agendamento das entregas ou coletas.

Tudo isso diminui os custos com consumo do combustível e pedágios, permite agir antes de algum atraso acontecer e evita multas.

Automação e foco em atividades estratégicas

Muitos funcionários começam a operação mais cedo para garantir as entregas e vão até mais tarde, inflando o banco de horas extras, o que, por consequência, acaba refletindo na folha de pagamento e no aumento dos custos.

A automação resolve tudo isso com alguns cliques. Com o uso de um sistema para realizar esse trabalho operacional de formar cargas, sobra mais tempo para outras funções.

Assim, funcionários que antes dedicavam seu tempo unicamente para montar rotas ou entrar em contato com motorista para checar seu cumprimento, agora podem direcionar o foco a atividades mais estratégicas para o crescimento da empresa.

Essa mudança gera não só economia, mas mais qualidade de vida e satisfação pelo trabalho, assim como aumentam as chances de expansão da empresa.

Como diminuir ainda mais os custos da sua operação

Utilizar a tecnologia a seu favor e apostar em um sistema de formação e gestão de entregas, como o Fretefy, faz bastante diferença quando o assunto é redução de custos.

Imagine automatizar a maior parte dos seus processos, eliminar ligações e emails, dar adeus às planilhas e às suas atualizações constantes. Já pensou programar cargas automaticamente para transportadoras ou motoristas homologados, sem intervenção humana? E encontrar autônomos qualificados, aderentes e disponíveis para complementar a sua frota? E não seria um sonho receber o posicionamento da sua carga para transmitir a informação ao seu cliente sem precisar entrar em contato com ninguém?

Essas são algumas das maravilhas que reduzem os custos com o  trabalho, minimiza erros e permite agir de forma preventiva antes ou no momento que os problemas surgem.

 

QUER SABER MAIS? 5 custos ocultos da operação que ninguém considera


A tecnologia está a seu favor

A tecnologia é a melhor solução para economizar na hora de roteirizar. Com ela, não existe planejamento de viagem mal feito, já que a inteligência artificial sempre irá trabalhar na otimização de rotas. Com ela, o motorista não muda o caminho, pois existe a gestão de entregas e o acompanhamento online para monitorar o seu trajeto. E todas aquelas horas extras acabam, o trabalho se torna mais produtivo e focado em crescimento, não em operacionalizar.

Conheça mais sobre a automação de gestão de cargas 

A automação de gestão de cargas é uma realidade possível, acessível e tem muitos benefícios.

Solicite um contato e converse com um de nossos consultores para saber mais sobre cada um deles!

ESCRITO POR