2850 profissionais de logística usam o software de logística da Fretefy

Saiba mais

Exemplos de inteligência artificial na logística

Blog

/
Exemplos de inteligência artificial na logística
Exemplos de inteligência artificial na logística

A inteligência artificial na logística é uma realidade nas grandes indústrias logísticas e muitos negócios já têm dado os primeiros passos rumo à nova tendência. Com gestões cada vez mais informatizadas, mesmo pequenos embarcadores e transportadoras podem aplicar uma gestão baseada em dados.

Contudo, antes de mais devemos destacar alguns pontos relacionados à inteligência artificial. Por exemplo, ela funciona através da centralização e armazenamento de dados, ou seja, não há grandes automações na entrega. Pelo menos até agora.

Ao centralizar e criar um banco de dados com métricas e indicativos úteis à indústria logística, o uso dessas informações é o que define o sucesso ou falha do uso IAs aplicadas à logística.

Felizmente, a inteligência artificial na logística se torna mais fácil conforme o seu negócio avança na transformação digital. Para deixar tudo mais claro, nós da Fretefy preparamos este artigo e trazemos tudo o que você precisa saber!

O que é inteligência artificial na logística?

A inteligência artificial na logística é uma tendência de mercado onde as empresas logísticas usam soluções digitais em prol de melhorias contínuas, seja na redução de custos, na celeridade de entregas em diferentes etapas ou na previsão de resultados.

Para entender melhor, deve-se destacar alguns pontos relacionados à transformação digital e à indústria, especialmente a Indústria 4.0 (também conhecida como Quarta Revolução Industrial).

A transformação digital é um fenômeno global que cria serviços baseados em soluções digitais. Muitas vezes, essas mudanças variam entre digitalização de processos à criação de Big Data, centros de processamento cruzado de informações.

Hoje, embora invisível, a transformação digital está presente em muitos negócios. Inclusive, ele é responsável pelo remarketing, estratégia onde empresas enviam anúncios personalizados quando você busca por um termo ou acessa uma página em específico.

Vale destacar que, segundo uma pesquisa da KPMG, as novas tecnologias como Internet of Things (IoT ou Internet das Coisas em tradução livre), RPA (Robotic Process Automation ou Automatização Robótica de Processos em tradução livre) e IA (Inteligência Artificial) devem ser os principais direcionadores da transformação dos negócios nos próximos três anos.

Em consequência direta da transformação digital, o fenômeno da Indústria 4.0 também justifica o surgimento e o uso da inteligência artificial na logística. Caso não conheça, esse novo movimento da indústria baseia-se na criação de processos mais digitais.

Isto é, ao invés de ter processos mais mecânicos, complexos e dependentes da mão de obra humana, a indústria busca rever a própria relação de trabalho e usa a transformação digital como um solucionador definitivo dessas tarefas.

Especialmente para embarcadores e transportadoras, a Indústria 4.0 resultou na logística 4.0, dando origem aos conceitos que servem como referência para novos processos, como a automatização de tarefas, a eficiência na entrega e a gestão coesa dos fretes a partir de metodologias ágeis, como o painel Kanban.

Para alcançar todos os objetivos da logística 4.0, as empresas devem digitalizar processos e recorrer às novas soluções digitais, como o Big Data, a IoT e, claro, a inteligência artificial.

Exemplos de inteligência artificial na logística

A inteligência artificial na logística tem muitos exemplos, como a automatização do sistema de tracking, o dock scheduling automatizado, a criação de um banco de dados com indicativos-chave de desempenho, entre outros muitos exemplos.

Hoje, o monitoramento de carga é um desafio, especialmente entre os pequenos e médios embarcadores, transportadoras e armazéns logísticos.

Isso porque os poucos funcionários limitam a própria produtividade para enviar mensagens, fazer ligações e buscar formas rápidas de acompanhamento do frete. Felizmente, o tracking é um dos principais beneficiários da inteligência artificial.

Na prática, um aplicativo, por exemplo, é ensinado a rastrear e acompanhar de forma automática uma carga, seja com caminhões próprios, frota terceirizada ou até agregada.

Indo além do rastreio, o próprio app pode ser informado com outras condições, como a notificação de proximidade e os imprevistos que aumentam o risco de atraso da mercadoria.

Do mesmo modo, o dock scheduling, também conhecido como agendamento de carga e descarga, torna-se mais produtivo a partir da inteligência artificial na logística. Na prática, você passa a ter um robô responsável por agendar e garantir agilidade nos processos de recebimento e expedição.

Ou seja, ao invés de contar com um profissional dedicado exclusivamente ao agendamento da fila, você tem um robô que organiza a fila do carregamento.

Outro bom exemplo da inteligência artificial aplicada à logística é a centralização da informação, que permite criar um banco de dados com métricas importantes à empresa.

Ao lidar com muitos processos diários e sem mão de obra robótica, inevitavelmente os indicativos financeiros e operacionais passam batido e deixam de guiar as futuras decisões do gestor de frotas.

Contudo, este cenário pode ser facilmente corrigido. Quando se implementa uma solução de inteligência artificial, dificilmente os dados se perdem após a conclusão da tarefa.

Pelo contrário, todas as informações úteis ficam armazenadas e podem ser consultadas posteriormente para guiar futuras decisões dos embarcadores, transportadoras e armazéns logísticos.

Vantagens de utilizar IA na logística

O uso da inteligência artificial na logística gera mudanças e, consequentemente, provoca vantagens operacionais aos embarcadores, transportadoras e armazéns logísticos.

Para entender melhor, veja abaixo os principais benefícios da IA na logística!

1. Diminui custos operacionais

Ao contrário da mão de obra humana, a inteligência artificial é exata e, uma vez bem configurada e implementada, não comete falhas. A partir disso, a redução nos custos operacionais é imediata.

Além da redução de falhas, a diminuição dos custos também é reflexo da gestão automatizada dos robôs, frequentemente baseada em MVP (Minimum Viable Product ou Produto Viável Mínimo em tradução literal).

2. Aumenta a eficiência operacional

Com mais recursos em caixa e menos tempo ocioso da sua frota, a inteligência artificial na logística permite aumentar a eficiência operacional, seja subindo a sua oferta ou tornando entregas mais ágeis. Em todos os casos, ambos os cenários são bem positivos.

3. Melhora a experiência do destinatário

Com fretes pontuais e melhorias contínuas, a melhora não se limita à percepção interna. Assim, parceiros e destinatários notam a evolução do seu serviço e têm uma experiência ainda mais positiva.

Inclusive, essa satisfação aumenta a fidelidade dos atuais clientes e provoca aumento de demanda desde que atrelado às estratégias de prospecção, como entregas em prazos menores, rastreamento facilitado e preços mais competitivos.

Como a robótica e a inteligência artificial impactam na logística

A robótica e a inteligência artificial são soluções codependentes e andam lado a lado na logística, gerando impactos positivos para pequenas, médias e grandes empresas. Porém, o impacto pode ser negativo ou positivo conforme o planejamento dos embarcadores, transportadoras e armazéns.

Por exemplo, considere-se o estudo da Fundação Getúlio Vargas sobre maturidade digital de micro e pequenas empresas. Nele, consta-se que 66% das Micro e Pequenas Empresas estão nos níveis iniciais de maturidade digital.

Em um cenário assim, a empresa que decidir não investir em automatização e inteligência agora é ultrapassada pelos negócios que já iniciaram o processo de transformação digital.

Ou seja, na corrida por soluções menos custosas, ágeis e automatizadas, o negócio largaria nas últimas posições.

Por outro lado, o impacto pode ser positivo às empresas e proporcionar todas as vantagens listadas acima caso a busca por soluções digitais comece logo.

O futuro da logística com inteligência artificial

Fora os exemplos atuais da inteligência artificial na logística, o futuro reserva avanços mais significativos nos próximos anos. Na prática, acredita-se que todo o trâmite logístico, da retirada à entrega final, será automatizada.

Quem dita essas altas expectativas é a gigante varejista Amazon, do bilionário Jeff Bezos. Atualmente, o objetivo do ecommerce online está nas entregas de todas as mercadorias em, no máximo, trinta minutos.

Porém, como isso será possível? A partir de avanços para otimizar e aumentar a eficiência no recebimento, separação e expedição dos produtos graças ao uso de muitas soluções digitais combinadas, especialmente a inteligência artificial.

Os robôs baseados em inteligência artificial não se limitarão às soluções e ferramentas digitais. Pelo contrário, eles farão parte de caminhões e robôs que escanearão ruas, bairros e cidades inteiras, e, claro, farão entregas aos destinatários.

Há movimentos que indicam avanços que tornam essa realidade cada vez mais próxima. Por exemplo, em 2021 a Amazon comprou 1.000 caminhões guiados por robôs. Fora isso, desde 2019 a varejista tem investido em startups que prometem transportes autônomos.

Conclusão

A inteligência artificial na logística é um importante avanço, seja para embarcadores, transportadoras, armazéns, caminhoneiros e destinatários. Isso porque ela reduz custos e, ao mesmo tempo, torna a eficiência operacional ainda mais ágil.

Porém, por mais que pareça demandar um alto investimento, muitas soluções são simples e não dependem de uma infraestrutura do zero. Em muitos casos, a busca por medidas mais simples para dar os primeiros passos se justifica pelo ganho de produtividade.

Por exemplo, você pode dar os primeiros passos e utilizar soluções proporcionadas a partir da inteligência artificial aplicada ao seu negócio com o aplicativo de logística 4.0 da Fretefy.

Com ele, você centraliza diferentes tarefas e usa a tecnologia a favor da sua empresa.

Caso queira saber mais, clique aqui e conheça o aplicativo de logística 4.0 da Fretefy!

Última atualização:

3

de

February

de

2022

Deixe seu comentário sobre esse artigo