Gestão Logística

Como a gestão logística no setor agrícola pode trazer mais lucro para sua empresa rural

Logística de transportes da produção agrícola: melhorias, mais lucratividade e menos custos

Não é um problema para você não ter uma visão clara e estratégica do próprio negócio? No final da colheita, é difícil determinar o quão lucrativo é a sua colheita? 

Um bom gerenciamento agrícola permite que você tenha um controle mais preciso sobre suas operações e desenvolva estratégias para reduzir custos e aumentar a lucratividade da fazenda.

Mas onde você começa a gestão agrícola? Quais ferramentas podem ajudá-lo a tomar decisões mais informadas?

A gestão agrícola é o processo de gestão da propriedade rural, com o objetivo de otimizar todo o plano de produção agrícola. Isso envolve todos os processos, desde a preparação do local até a colheita, gerenciamento de orçamento, controle de frota e estoque e vendas de produtos.

Auxilia na organização mais eficiente das empresas rurais, com o objetivo principal de obter lucros e minimizar custos. Além disso, pode controlar melhor as operações agrícolas, aumentando assim a produtividade. 

Com dados precisos, você pode saber quais insumos comprar, quanto comprar, quando plantar e quantos produtos vender. Na verdade, usar o gerenciamento agrícola pode transformar dados em lucro porque você pode desenvolver certas estratégias e executar planos de cultivo melhores. Isso também reduz o risco.

 

O que é gestão agrícola?

A gestão agrícola é o processo de gestão da propriedade rural, com o objetivo de otimizar todo o plano de produção agrícola. Isso envolve todos os processos, desde a preparação do local até a colheita, gerenciamento de orçamento, controle de frota e estoque e vendas de produtos.

Auxilia na organização mais eficiente das empresas rurais, com o objetivo principal de obter lucros e minimizar custos. Além disso, pode controlar melhor as operações agrícolas, aumentando assim a produtividade.

Com dados precisos, você pode saber quais insumos comprar, quanto comprar, quando plantar e quantos produtos vender. Na verdade, usar o gerenciamento agrícola pode transformar dados em lucro porque você pode desenvolver certas estratégias e executar planos de cultivo melhores. Isso também reduz o risco.

Entenda efetivamente todos os custos envolvidos e entenda com mais facilidade o funcionamento da fazenda, as etapas de produção são mais organizadas e flexíveis. Isso simplifica o controle de propriedade, fornece maior eficiência de processamento e maior qualidade de produção. 

Considerando os benefícios, você deve ter percebido que o manejo agrícola não é um diferencial, mas é necessário para toda empresa rural independente da escala. Deve ser visto como um aliado, pois pode lhe proporcionar menores custos e maior rentabilidade!

Desafios da gestão agrícola e do transporte

Toda empresa rural que busca obter melhores resultados deve ter uma boa gestão agrícola. No entanto, na realidade, ainda existem muitas dificuldades em tomar medidas para uma gestão eficaz.

 

Estoque e armazenamento

Conhecer realmente o seu estoque é um dos maiores desafios neste campo. Afinal, é necessário controlar totalmente a entrada e a saída de cada projeto e ficar atento às futuras aplicações para garantir que não faltem produtos. 

Todos os dias, não é fácil gerenciar todas as etapas da produção, e ainda considero o preenchimento de planilhas para gerar relatórios. Mas você pode contar com ferramentas como software de gerenciamento agrícola para ajudá-lo a realizar essa tarefa.

 

Gestão Financeira

Este é sem dúvida um dos maiores desafios do setor! Você precisa saber separar as despesas da empresa da aldeia das despesas pessoais e gerenciá-las adequadamente. 

A gestão financeira envolve o pagamento de impostos e funcionários e a compra de insumos. Portanto, organizar bem essa etapa é fundamental para gerar lucros para as empresas rurais.

 

Logística de cargas agrícolas

Logística de transporte: quanto deve valer seu frete, como afetar seus custos de produção e técnicas para reduzir o impacto. Você planeja um alto rendimento e uma boa colheita. No entanto, falhas no transporte de produtos podem causar perdas e colocar em risco sua lucratividade.

A logística de transporte é uma atividade cara e requer planejamento.

Segundo dados da NTC, o custo do frete de meia distância (800 quilômetros) em 2017/2018 foi de R $ 204,38 por tonelada. Esse custo não afeta apenas o transporte de seus produtos agrícolas, mas também afeta o insumo da fazenda. Em outras palavras, seus custos de produção estão relacionados aos custos de transporte.

A logística de transporte nada mais é do que tornar os produtos mais rápidos, pontuais e com menor custo ao consumidor. Esse meio de transporte é denominado frete, que é um intermediário entre produtores e consumidores. Para isso, devemos entender como funciona o frete.

Como é o cálculo da produção e do frete

O frete faz parte do custo de produção. O produtor colheu toda a colheita e precisa armazenar essa mercadoria. Portanto, o custo entra na cadeia de abastecimento, que é o custo logístico.

Portanto, é importante atentar para alguns aspectos que podem reduzir esses custos, tais como:

- A distância entre a commodity e o centro de comercialização, pois essa distância é o principal vilão no preço do frete;

- O estado das estradas rurais, por geralmente não serem asfaltadas, que custam essa atividade; Dirigir em pistas com certo grau de perigo;

- O transporte de mercadorias em rodovias acarretará pedágio em pedágio alto, pois também tornará o frete mais caro.

Portanto, além do controle estrito da produção agrícola, é importante considerar esse custo no plano. Você planeja um alto rendimento e uma boa colheita.

No entanto, falhas no transporte de produtos podem causar perdas e colocar em risco sua lucratividade.

A logística de transporte é uma atividade cara e requer planejamento. Esse custo não afeta apenas o transporte de seus produtos agrícolas, mas também afeta o insumo da fazenda.

Em outras palavras, seus custos de produção estão relacionados aos custos de transporte.

Transporte rodoviário de cargas agrícolas

No Brasil, a principal forma de comercialização de produtos agrícolas é o transporte rodoviário. Segundo a CNT (Federação Nacional do Transporte), hoje esse modelo representa 61% de todos os meios de transporte.

Comparado com os outros modais, destaca-se pelo maior alcance de distribuição e estrutura mais razoável em relação ao transporte ferroviário. Isso sempre causa reclamações devido ao seu estado instável.

Sabendo disso, você pode negociar quanto custará o frete para que não tenha que assumir o risco de pagar a mais por esses serviços de logística.

Segundo dados da Federação Nacional dos Transportes, 75% das mercadorias transportadas no país pertencem ao agronegócio. Levantamento feito pela Federação Nacional dos Transportes (CNT) mostra que a maior parte das mercadorias embarcadas no Brasil está relacionada ao agronegócio. 

De acordo com o levantamento, 39,7% são classificados como granéis sólidos, o que inclui grãos, fertilizantes e produtos triturados ou em pó. As cargas frágeis - mercadorias diversas de diferentes clientes - ficaram em segundo lugar, respondendo por 35,3% do transporte total do país.

Custo do frete na logística de cargas agrícolas

Cada vez mais produtores estão preocupados com o valor gasto e com o andamento do processo logístico. Isso ocorre porque sempre há oscilações de preços durante a safra e, às vezes, os caminhões não conseguem atender a demanda de transporte de mercadorias.

Atualmente, o preço do frete é reajustado pela tabela de menor piso determinada pela ANTT (Agência Nacional de Transportes Terrestres).

Confira aqui os valores que entram em vigor a partir de 24 de abril de 2019. No link abaixo, você pode conferir a tabela de volume mínimo de carga para caminhões de 3 e 5 eixos.

LEIA MAIS SOBRE ISSO AQUI: ANTT publica nova tabela de frete

Faça uma estimativa do valor dos motoristas de caminhão que podem trabalhar em condições adequadas e prestar um bom serviço neste andar. A base de cálculo é o custo fixo e o custo variável. 

Os custos fixos referem-se aos custos envolvidos na manutenção do caminhão sem considerar a quilometragem percorrida (como depreciação e salário do motorista). Custos variáveis ​​são custos que variam de acordo com a distância utilizada como combustível nesta operação logística.

Além do frete mínimo, você também deve entender os pedágios que devem ser pagos na rota do frete. A distância da seção de viagem também deve ser conhecida. Portanto, a alimentação do trabalhador pode ser adicionada a esse frete final.

A ANTT adotou a Resolução nº 5820/2018 para emitir uma tabela de preços mínimos de frete referente a eixos e quilometragem. Além disso, a agência é responsável por atualizar a tabela toda vez que o diesel oscilar 10% em relação à tabela anterior. A atualização mais recente é abril de 2019.

Como economizar no transporte de cargas agrícolas

O sistema de gestão de carga da Fretefy mudou completamente a forma como trabalha e otimizou as operações em todos os campos.

Com a função Formador de Cargas, podemos ajudá-lo a aumentar a taxa de ocupação de sua frota de caminhões. Nosso sistema de logística vai sugerir o melhor veículo e transportar o máximo de carga na melhor rota, o único trabalho manual é acompanhar todo o processo. Através deste controle da sua frota e da formação de cargas com múltiplos pedidos, podemos ajudá-lo a otimizar a ocupação. A taxa de ocupação máxima de cada veículo pode ser planejada para diferentes pontos de partida e um único ponto de partida.

Além disso, contribuímos para a rápida organização dos pedidos. Não há necessidade de nenhum trabalho manual, cálculos em planilhas e uso de calculadoras para calcular variáveis ​​como volume, peso e tamanho dos veículos disponíveis. O Fretefy irá organizar automaticamente seus pedidos, economizando seu tempo real.

O Formador de Cargas da Fretefy pode ajudá-lo a reduzir sua dependência de pessoal, melhorando assim a agilidade, a organização e a economia. Veja como:

  • Consolidar todos os pedidos dentro de um organizador
  • Organizar os pedidos pelo peso, cubagem e local de entrega ou coleta
  • Sugerir o melhor veículo para organizar suas entregas ou coletas
  • Explorar ao máximo a capacidade de cargas em um veículo, diminuindo custos de frete
  • Aumentar a performance de veículos que possuem grande quantidade de entrega ou coleta
  • Facilitar a visão de todas as entregas ou coletas para o motorista
  • Monitorar o quanto, em porcentagem, que já foi entregue ou coletado (cubagem, peso, número do lote)
  • Agrupar por lote ou nº do pedido o total do que precisa ser entregue ou coletado
  • Administrar grandes lotes de carregamentos, formar pedidos grandes e acompanhar a coleta ou entrega

Aumentar a sua eficiência logística é muito fácil quando nos apoiamos na tecnologia. Sim, a revolução 4.0 da logística é real e já está acontecendo.

Com um sistema online, é possível consolidar cargas e montar roteiros de entrega de modo bastante rápido e preciso. Aposte na inteligência artificial para fazer todos os cálculos necessários e chegar à melhor ocupação de seus veículos, com o melhor trajeto, à melhor distância e ao menor custo.

Sobre a Fretefy

A Fretefy é a única plataforma online do mercado a atender de forma eficiente a gestão completa de cargas para as indústrias, distribuidoras e transportadoras. Desde a programação e distribuição para transportadores homologadas, localização em tempo real – mesmo de motoristas autônomos que não possuam rastreadores – até o comprovante de entrega digital para o cliente final e muito mais. 

ESCRITO POR

Mariana Mitsui

Analista de comunicação voltada para redação e revisão, coordenação de assessoria de imprensa e formação de parcerias.