2850 profissionais de logística usam o software de logística da Fretefy

Saiba mais

Rotas de entrega: como fazer de forma eficiente

Blog

/
Rotas de entrega: como fazer de forma eficiente
Rotas de entrega: como fazer de forma eficiente

Por que eu devo planejar rotas de entregas? Em muitas transportadoras, este questionamento nunca foi feito. Mas chegou o momento de saber a importância da roteirização dos seus fretes para que esta etapa do transporte se torne parte da sua rotina logística.

Os principais benefícios de planejar rotas de entregas

Melhora no atendimento e maior competitividade

Estudar as rotas possíveis faz com que você possa escolher trajetos onde há menor incidência de roubo de cargas e rodovias com melhor infraestrutura. Desta forma, a chance de imprevistos diminui e o transporte é feito de forma mais tranquila e rápida, garantindo um serviço mais agilizado e produtos entregues sem avarias. Além dos consumidores finais ficarem satisfeitos, seus clientes também confiarão na sua transportadora para efetuar as próximas entregas, aumentando a sua competitividade no segmento.

Redução do custo logístico

Não importa qual é o seu segmento de negócio ou tamanho da empresa, se possui dezenas de caminhões ou apenas uma moto, um sistema de planejamento de rotas é essencial para manter as entregas eficientes.

O roteiro de entrega permite uma personalização na criação da rota, e quais são os benefícios disso? Com rotas mais organizadas é possível diminuir o custo de combustível, garantido que a frota percorra o menor trajeto.

Outro ponto, é que a roteirização possibilita uma organização maior da mão de obra, se adequando a jornada de trabalho dos motoristas e diminuindo os custos com horas extras. Um gasto muito alto é com a manutenção da frota, se um veículo já demanda revisão normalmente, imagina ele rodando mais que o necessário.

Com um plano de rotas de entrega, o carro vai ser aproveitado de uma melhor forma, seja percorrendo uma quilometragem menor ou até transportando apenas a sua capacidade real, reduzindo os desgastes e, consequentemente, a sua manutenção.

Melhores condições para seus motoristas

É essencial se preocupar com o local de parada dos seus caminhoneiros, seja para descanso ou para alimentação. Através de um planejamento de rotas, seus operadores podem fazer um cronograma com data, horário e estabelecimento de parada. Desta forma, evita-se colocar o motorista e as cargas em risco, por exemplo, ao dormir em uma área isolada e com incidência de roubos.

4 passos para fazer planejamento de rotas de entrega

1. Organize seus pedidos

Na hora de estruturar suas entregas, crie um check-list para facilitar o acompanhamento e não esquecer de itens importantes para aproveitar ao máximo a sua frota, vejamos um exemplo:

Pedidos:

  • Número de pedidos
  • Tipo de carga - comum ou especial
  • Peso
  • Volume

Veículos:

  • Tipo de veículos da frota (moto, carro ou caminhão)
  • Número de veículos disponíveis
  • Capacidade dos veículos

Após observar informações como essas, você vai conseguir aproveitar ao máximo sua frota, aumentando a capacidade de entrega e, talvez, até diminuir o número de veículos que rodaria sem necessidade.

2. Monitore os prazos da sua entrega

Atraso nas entregas estão entre os maiores índices de reclamação dos clientes. Para que isso não aconteça, o processo de roteirização deve acompanhar os prazos acordados para garantir o cumprimento dos mesmos. Não esqueça de avaliar este critério ao organizar seus pedidos.

3. Calcule a rota

Essa é uma das etapas mais complexas ao gerenciar de forma manual, mas é a que mais impacta em todo o seu processo logístico. Quanto maior o volume de pedidos, número de veículos para gerenciar, perímetro da região de atuação e intensidade do trânsito, mais complexo se torna o cálculo para o planejamento da rota. Nesta hora, precisa ter muita calma para que a sua roteirização abranja todas as variáveis e se torne efetiva. Por outro lado, quando esse planejamento é assertivo, ele vai garantir a economia de combustível, redução do desgaste da frota, diminuição de horas extras dos motoristas, entregas em tempo hábil, entre outros.

4. Controle a localização da frota

Saber onde cada veículo se encontra é importante para a programação das próximas entregas ou até mesmo para ajustar um imprevisto de última hora. Com sistemas de tracking como o da Fretefy, esse procedimento é acompanhado em tempo real, oferecendo um relatório detalhado de cada veículo da frota. Caso não tenha um sistema, a dica é que tenha anotado os contatos de todos os motoristas em campo, para que possa acionar o mais rápido possível quando houver necessidade. Seguindo estes passos, você já consegue ter um controle maior do seu processo logístico. Vale lembrar que no dia a dia, organizar essas tarefas e monitorar pode ser desgastante e com alto índice de erros.

Planejamento de rotas de entrega manual ou um software de planejamento de pedidos?

O planejamento de rotas de entregas pode ser feita de forma manual e com auxílio de um GPS. Dependendo do volume diário, este procedimento pode ser trabalhoso e apresentar alta margem de erro, devido o tempo escasso e ao grande volume de informações que precisam ser gerenciadas. Outra forma de solucionar este problema é utilizar um software que automatize todo o processo de roteiro de entrega. Com poucos cliques e em minutos, você consegue planejar suas rotas, considerando fatores como tipos e tamanhos de cargas com seus respectivos destinos.

Última atualização:

3

de

February

de

2022

Deixe seu comentário sobre esse artigo