2850 profissionais de logística usam o software de logística da Fretefy

Saiba mais

Dicas rápidas para reduzir o custo de frete

Blog

/
Dicas rápidas para reduzir o custo de frete
Dicas rápidas para reduzir o custo de frete

Independentemente da quantidade de caminhões na sua frota própria, as transportadoras devem redobrar os cuidados com a gestão de frota. Acompanhar a manutenção dos veículos, principais gastos mensais e até mesmo se preocupar em diminuir a ociosidade da frota são questões fundamentais para a eficiência do processo logístico, aumento da satisfação dos clientes e redução do custo de frete. A seguir, o blog do Fretefy elencou um roteiro com as principais situações, pesquisadas no setor, que exigem atenção dos gestores e que ajudarão a reduzir os custos do frete.

Manutenção periódica para a gestão de frota

Caminhões em bom estado diminuem as chances de paradas imprevistas durante uma viagem, garantem maior segurança aos motoristas, aumentam a vida útil das peças, economizam combustível e auxiliam na preservação dos pneus. Mas, para que os veículos se mantenham conservados é preciso investir na manutenção preventiva. Ao contrário da manutenção corretiva, em que se espera o problema surgir para então corrigi-lo, a manutenção preventiva do caminhão busca identificar e evitar que problemas apareçam. Neste modelo, segue-se um rigoroso planejamento de tarefas a serem realizadas ao longo do ano. A manutenção preventiva em uma gestão de frota engloba procedimentos como: trocas periódicas de óleo lubrificante, alinhamento e balanceamento, revisão do sistema elétrico, calibragem e até mesmo reformas dos pneus quando necessário. Como benefício, as despesas com troca de peças diminuem e seu caminhão melhora o desempenho nas estradas. Atualmente, existem no mercado diversos sistemas que auxiliam os gestores a acompanharem o calendário de manutenções. Basta cadastrar os veículos e itens a serem inspecionados para que um alerta seja emitido quando a data se aproximar. Aqui, a tecnologia se torna uma grande aliada e evita que prazos sejam esquecidos.

Treinamento dos caminhoneiros

Valorizar os colaboradores, prevenir acidentes, conquistar novos aprendizados e recordar lições antigas. Estes são alguns dos benefícios proporcionados pelos treinamentos para caminhoneiros e que devem ser contemplados na gestão de frota. As aulas, sejam presenciais ou a distância, auxiliam a reforçar hábitos seguros no trânsito, reduzindo inclusive o desgaste nos veículos. Se você quiser ficar atento a cursos que serão realizados na sua cidade, procure por sindicatos ou associações de transporte de cargas. O Sindicato das Empresas de Transporte de Cargas no Estado do Paraná (Setcepar), por exemplo, periodicamente oferece treinamentos e cursos de formação para motoristas, presencial ou a distância.

Acompanhamento de indicadores

Mão de obra, combustível e pneus são os três principais gastos de uma transportadora, o que torna obrigatório para a gestão da área acompanhar os indicadores relacionados a eles e manter a saúde financeira da sua empresa. Entre os dados que devem ser verificados, destacam-se:

Combustível – custo por km rodado de cada veículo, listagem de postos de combustíveis mais baratos, gasto mensal em combustível, modelo e fabricante mais econômico.

Pneus – marca mais durável, custo por km de cada pneu e motivos de sucateamento. Assim como o acompanhamento das manutenções veiculares, o gasto com pneus e combustível também deve ser automatizado através de sistemas específicos para esta tarefa. A Gestran, empresa que desenvolveu o Fretefy, possui duas soluções com excelente custo-benefício para uma gestão de frota completa. Os planos mensais variam conforme o número de veículos que sua empresa possui. Todos os dados citados acima, além de diversas outras métricas, podem ser acessados de forma 100% online. Não é exigida instalação de aplicativos e nem de softwares.

Busca das melhores rotas

Você já entendeu sobre a necessidade de cuidar dos seus motoristas, veículos e controlar despesas. Mas o trajeto que seus caminhões percorrerão exigem o mesmo nível de atenção. Estude com bastante cuidado o trajeto percorrido pela sua frota. Procure avaliar locais em que o estado de conservação da via é melhor, existe menor incidência de assaltos, postos de combustíveis confiáveis e que proporcionem mais paradas de descanso e refeições para seus motoristas. Nem sempre o caminho mais curto proporcionará estes benefícios, por isso a necessidade de um planejamento com antecedência para pesar prós e contras. Para se certificar de que o planejamento inicial está sendo seguido e também visualizar imprevistos no trajeto, invista em um rastreador veicular. Além de inibir a ação de criminosos, a tecnologia aumenta as chances de recuperação das cargas em caso de roubo.

Direcionamento de cargas inteligente

Uma nova carga chegou, mas você ainda não sabe para quem direcioná-la? Esta informação indica graves problemas logísticos. Seus caminhões podem estar parados e sem cargas, impedindo sua empresa de lucrar. A demora para distribuir cargas também atrasa as entregas e diminui a satisfação dos seus clientes. Mas, como resolver a situação? Através de uma distribuição automatizada de cargas e veículos. O Fretefy foi criado para realizar esta tarefa rapidamente. Você cadastra toda a sua frota (especificando o tipo de caminhão e carroceria) e também cadastra todas suas transportadoras homologadas e suas respectivas tabelas de frete pré-acordadas. O sistema automaticame sugere o melhor transportador para aquele tipo de carga. Simples não é?

Acompanhe indicadores de desempenho que podem ajudar a reduzir o custo de frete

Os indicadores são ferramentas de gestão que permitem avaliar os resultados e se eles estão dentro das metas definidas anteriormente. Assim, consegue-se controlar os custos de maneira mais organizada e estruturada, proporcionando análises mais precisas.

No que diz respeito ao custo de frete, pode-se acompanhar diversos KPI’s, entre eles:

  • frete sobre o valor do faturamento;
  • por região;
  • por rota;
  • por cliente;
  • de trocas e devoluções;
  • de reentregas.

Por meio dos resultados obtidos, torna-se mais fácil realizar a identificação dos gargalos, onde eles ocorrem e quais são as causas prováveis. A partir daí, todo o processo de tomada de decisão e implementação das melhorias se torna mais ágil e acertado.

Essa ideia está alinhada com o objetivo do planejamento, que é realizar melhorias precisas, evitando o risco de promover mudanças que podem ter um impacto negativo — ou aquém do esperado.

Planeje e monitore os gastos com frete

A definição de um planejamento é crucial para o sucesso de qualquer atividade. Nesse caso, o ideal é determinar qual parcela do orçamento será utilizada para cobrir os gastos com transporte durante determinado período.

É importante criar metas realistas, que estejam dentro da realidade do negócio. Depois, com o monitoramento dos gastos, torna-se possível saber quais deles são excessivos e quais ações podem ser adotadas para reduzi-los. Essa é uma maneira estruturada de fazer cortes sem o risco de prejudicar a qualidade do serviço.

No processo de redução de custos, é importante avaliar os pormenores de todas as despesas para, então, elaborar planejamentos pontuais nesse sentido. Portanto, verifique o histórico de custos referentes a todas as operações. A partir daí, é possível identificar o impacto desses procedimentos no orçamento, o que é essencial para analisar a possibilidade de reduzi-los ou eliminá-los.

Análise de cubagem por tipo de veículo

A máxima utilização dos veículos reduz o custo de frete mas também é um dos grandes desafios quando falamos de cubagem, pois além de utilizar o máximo do veículo, também temos que levar em consideração o peso da carga, a diversidade dos materiais e a facilidade de o motorista realizar essas entregas no cliente final.

Para que a cubagem do veículo seja o mais precisa possível é necessário que alguns dados cadastrais estejam sempre atualizados, como, a cubagem do baú dos veículos e o peso suportável, a metragem cúbica e o peso dos produtos. Assim será possível cruzar as informações, seja de forma manual ou com o auxílio de um programa específico, além de carregar os veículos com maior aproveitamento.

Automatize os processos para redução de custo de frete

Existem alguns trabalhos dentro da gestão de transporte de cargas que exigem a atuação do homem, mas muitos podem ser realizados por meio da informatização. Usar a tecnologia para automatizar os processos logísticos traz um grande benefício para a sua empresa, conquistando mais espaço no mercado. Os funcionários passam a atuar de maneira estratégica.

Última atualização:

3

de

February

de

2022

Deixe seu comentário sobre esse artigo