2850 profissionais de logística usam o software de logística da Fretefy

Saiba mais

Logística integrada: o que é e qual a importância para sua empresa?

Blog

/
Logística integrada: o que é e qual a importância para sua empresa?
Logística integrada: o que é e qual a importância para sua empresa?

Leitura: 9 minutos

Quando a logística tradicional é bem aplicada, a empresa consegue atingir bons resultados em sua cadeia de suprimentos, que envolve a aquisição de matéria-prima, armazenagem, escoamento e transporte de mercadorias.

Além disso, com um planejamento estruturado, esse modelo tradicional possibilita que o empreendimento se mantenha competitivo no mercado. Entretanto, com a logística integrada, o negócio pode ultrapassar suas barreiras e atingir a excelência.

No conteúdo a seguir, te explicaremos o que é esse tipo de logística, sua importância, vantagens e funcionamento nos principais setores da organização. Acompanhe!

Qual o conceito de logística integrada?

De forma simples, essa logística consiste em integrar todas as etapas da cadeia de suprimentos de uma empresa. Assim, a organização consegue gerir seus processos com mais eficiência, de modo amplo e com alto desempenho.

Um dos grandes alicerces dessa logística são as ferramentas tecnológicas. Com elas, o empreendimento monitora as operações, analisa e mensura resultados e informações para uma tomada de decisão mais estratégica.

Isso é possível devido à capacidade das ferramentas em coletar, organizar, analisar e armazenar dados. É importante destacar a necessidade de fazer uma boa gestão de dados no contexto empresarial atual. 

A partir disso, pode-se compreender, por exemplo, o comportamento do consumidor. Consequentemente, a marca poderá fazer melhorias em suas entregas ou inovar em seus serviços. 

Confira as melhores soluções em tracking de monitoramento de carga!

Quais são as características da logística integrada?

Com base em seu conceito, podemos entender que a gestão de dados por meio de ferramentas tecnológicas é a principal característica da logística integrada. 

Para otimizar processos, é necessário investir em comunicação interna eficiente. Assim, o fluxo de informações das tarefas de cada setor precisa se manter constante, de forma clara e objetiva. 

Somente desse modo é que a companhia poderá analisar os dados em tempo real. Na prática, esse tipo de logística é dividida em 3 grandes áreas:

  1. Administração de materiais: etapa que envolve a aquisição de matérias-primas para a fabricação dos produtos. Nesse estágio, participam os setores de negociação, aquisição, contato de fornecedores, transporte, controle de qualidade e armazenamento;
  2. Movimentação de materiais: etapa que envolve o transporte dos insumos que abastecem a linha de produção com eficiência, além do transporte de materiais em processamento;
  3. Distribuição física: etapa final, que envolve enviar seus produtos até os pontos de venda ou distribuição, com agilidade, qualidade e preços justos.

Quais as vantagens da logística integrada?

Logístico operando uma empilhadeira

Esse modelo de logística oferece inúmeras vantagens para as empresas e seus consumidores. Confira a seguir alguns desses benefícios.

Aumento na lucratividade

Com o uso de ferramentas tecnológicas, como os softwares de gestão, essa logística permite implantar ações estratégicas que elevam os ganhos do negócio. 

Os gestores, por exemplo, são capazes de criar um planejamento das despesas, definindo as melhores práticas para a cadeia de operações. Assim, consegue-se encontrar melhores soluções, mais econômicas e sustentáveis.

Quando isso ocorre, o ROI (Retorno Sobre o Investimento) da companhia aumenta, gerando um impacto positivo no orçamento. Com um caixa equilibrado, logo se nota uma melhoria nos meios de produção. 

Consequentemente, os consumidores ficam satisfeitos com os produtos e se relacionam de modo mais próximo com a marca.

Redução de custos

Outro benefício é que os gestores conseguem visualizar com mais clareza eventuais falhas nos processos que podem causar prejuízos para a empresa. 

A ausência de um sistema de roteirização, por exemplo, pode levar o negócio a gastar mais com a manutenção de veículos. Por outro lado, com as tecnologias adequadas da logística integrada, os melhores trajetos são traçados automaticamente. 

Desse modo, as despesas com o transporte caem consideravelmente. Mais um processo que gera gastos desnecessários, sempre que não é administrado com eficiência, é a gestão de entregas

Entre as falhas mais corriqueiras, estão o envio de produtos errados, ausência de itens solicitados no estoque e o não cumprimento de prazos de entrega. Além dos impactos negativos nas finanças, tais equívocos mancham a imagem do empreendimento.

Fortalecimento da competitividade

Com esse tipo de logística, o negócio passa a ter uma cadeia de suprimentos altamente produtiva e eficiente. Consequentemente, a empresa ganha força no mercado e se mantém relevante perante seus concorrentes.

Também há um crescimento no mercado financeiro, gerando melhores oportunidades de negócios com novos investimentos (valuation). 

Assim, os produtos e serviços dessa organização ganham ainda mais importância, sem precisar elevar os custos de produção.

Qual é a importância da logística integrada?

Ela ajuda a empresa a implementar a transformação digital nos processos internos. Isso é indispensável nos dias atuais, pois o consumidor exige mais agilidade nos serviços. 

Sendo assim, com esse modelo de logística, as etapas da cadeia de suprimentos se tornam integradas, auxiliando a empresa a se preparar para a sazonalidade do mercado. Com isso, o tempo de entrega dos pedidos dos clientes e a entrega dos produtos é reduzido.

Como resultado, o negócio aumenta seu valor perante o público, que se mantém fiéis à marca. Para tornar esse relacionamento duradouro, a empresa deve investir em um excelente atendimento ao consumidor.

Os profissionais que participam das operações também colhem benefícios. Ao trabalhar com as novas tecnologias, eles aumentam sua produtividade e diminuem os serviços manuais, concentrando seus esforços em tarefas mais estratégicas. 

Como fazer logística integrada?

Setor logístico trabalhando

Para aplicar essa logística em sua empresa, é necessário se planejar com antecedência. Mas, a fim de facilitar esse processo para você, trouxemos 3 dicas para agilizar a implementação:

  1. defina um fluxo de materiais: crie setor responsável pela entrada e saída de matérias-primas para evitar desperdícios e excesso de estoque. Também deve-se realizar o controle dos prazos de entrega;
  2. cuide das demandas: faça a gestão dos pedidos para acelerar a cadeia de produção. É necessário mapear as solicitações para identificar quais as melhores estratégias no processo logístico. Antecipe as demandas dos clientes;
  3. preste atenção no transporte: faça um planejamento de distribuição, a fim de garantir agilidade no transporte, nas rotas e prazos de entrega. O ponto crucial é fazer com que todos os pedidos sejam entregues no prazo para os clientes.

Saiba mais sobre o monitoramento de carga da Fretefy!

Conclusão

Essas foram as informações sobre logística integrada que trouxemos para você. Como pode notar, é imprescindível investir em novas tecnologias para melhorar a eficiência das operações internas e se manter relevante no mercado. 

Por isso, não perca tempo e comece já a planejar a implementação desse modelo de logística em seu negócio e eleve a qualidade dos seus serviços.

Última atualização:

6

de

July

de

2022

Deixe seu comentário sobre esse artigo