2850 profissionais de logística usam o software de logística da Fretefy

Saiba mais

Rastreamento de entrega: saiba o que é, como implementar e rastrear?

Blog

/
Rastreamento de entrega: saiba o que é, como implementar e rastrear?
Rastreamento de entrega: saiba o que é, como implementar e rastrear?

Quando as informações são bem trabalhadas, resultam na melhoria do relacionamento com o cliente, além de gerar vantagem competitiva. 

No caso de empresas de logística, essa gestão de dados é ainda mais importante, já que existe a necessidade de uma comunicação em tempo real. 

Com isso, surge a possibilidade de fazer o rastreamento de entrega, que envolve o monitoramento de uma mercadoria, até que ela chegue ao seu destino final. 

Para entender melhor o assunto, continue acompanhando o conteúdo a seguir. Nele, exploraremos a importância do rastreio de entregas e como essa tarefa pode beneficiar seu negócio. Confira!

O que é rastreamento de entrega?

Rastrear pedido da transportadora significa acompanhar o status de uma entrega, desde a compra feita pelo cliente até a chegada do produto ao seu destino. 

Todo o procedimento é feito por meio de um código de rastreio, que permite monitorar a separação, despacho e transporte do item até o endereço de entrega.Para que essa operação ocorra com sucesso, é indispensável fazer o rastreamento. 

Sem isso, torna-se inviável manter o controle dos processos logísticos da empresa, pois não há dados suficientes para analisar cenários e tomar decisões. Além disso, o cliente não recebe atualizações sobre sua compra.

Confira as melhores soluções em gestão logística!

Como rastrear qualquer entrega?

De modo geral, qualquer operação de rastreamento começa a partir da compra e aprovação do pedido feito pelo consumidor. 

Em seguida, as mercadorias são etiquetadas para a identificação e separadas para o envio à transportadora.

O rastreio é feito com a integração entre os sistemas de comunicação da loja e dos transportadores. Só assim é que pode-se monitorar o trajeto do pacote. 

As atualizações do status acontecem devido à leitura da etiqueta de identificação, feita a cada ponto de controle. 

Tal procedimento envia informações sobre o pacote ao cliente, de forma automática. Por sua vez, o consumidor pode acompanhar o trajeto do seu pedido por meio de um código, recebido no momento da compra.

Porém, esse procedimento pode mudar conforme a empresa. Mas, para que ele aconteça de forma correta, existem algumas ferramentas que podem ser utilizadas:

  • gateway de fretes: sistema que viabiliza a gestão de entrega de mercadorias. Ele faz a integração dos sistemas do negócio e das transportadoras, obtendo dados em tempo real;
  • ERP: ferramenta de Planejamento de Recursos da Empresa, que integra os processos de uma organização em um único ambiente, além de contar com o rastreamento de carga, possibilitando o controle logístico detalhado;
  • TMS: o Sistema de Gerenciamento de Transportes é usado para o controle do processo de distribuição. Essa ferramenta entrega informações sobre o status do pedido e documentos importantes para o transporte;
  • rastrear pedido do correio: também pode-se despachar mercadorias via Correios. Assim que é feito o envio, o remetente recebe um código de rastreamento com 13 dígitos. A mercadoria pode ser rastreada na seção “Rastreamento de Objetos”.

Como rastrear um produto pelo código?

Citamos logo acima a possibilidade de rastrear uma entrega por código diretamente nos Correios. Esse código é gerado assim que a mercadoria é despachada, localizada no comprovante de despacho. 

O que muitos não sabem, é que esse código pode ser utilizado para acompanhar um pedido de 3 formas:

  1. pelo site oficial dos Correios: também explicamos o funcionamento desse rastreio no tópico acima. Basta acessar a página dos Correios e informar o código no campo “Rastreamento de Objetos” e iniciar a busca;
  2. pelo aplicativo oficial dos Correios: disponível para aparelhos Android e iOS, o aplicativo oferece as mesmas funcionalidades do site, porém, diretamente no celular. Trata-se de uma facilidade extra para otimizar o acompanhamento de pacotes;
  3. por uma API para e-commerce: APIs são programas que facilitam a comunicação entre dois ou mais sistemas. Assim, essa solução permitirá que a página do seu negócio se comunique diretamente com o site dos Correios para fazer a busca; 

Como implementar o rastreamento de entregas?

Até o momento, você já deve ter entendido a importância do rastreamento de pedidos para o sucesso da logística de um negócio. Caso a sua empresa atue no ramo do comércio virtual, investir nessa solução é ainda mais essencial. 

Por isso, reunimos algumas dicas de como implementar o rastreio de cargas em sua organização:

  • defina até onde suas entregas podem ir;
  • capacite os colaboradores;
  • priorize o custo-benefício na escolha da solução;
  • aposte em tecnologias eficientes;
  • calcule as despesas para criar o frete;
  • invista em um sistema de entregas inteligente.

Como automatizar a localização de entregas?

Para realizar um melhor rastreio de entregas na companhia, é fundamental investir em estratégias de gestão para aprimorar a logística. 

Afinal, de acordo com o livro "Gerenciamento da cadeia de suprimentos/logística empresarial", de Ronald H. Ballou, um setor logístico bem estruturado representa grande vantagem competitiva. Então, automatizar a localização das entregas, requer:

  • excelente controle de estoque;
  • monitoramento da rota de veículos;
  • investimento em automação (softwares de gestão de logística).

É possível fazer rastreamento internacional de entregas?

Empresas que enviam mercadorias internacionalmente, também devem se preocupar em investir nas soluções de rastreamento. Afinal, despachar um produto para outro país, ou mesmo continente, envolve riscos maiores.

Felizmente, existe uma variedade de ferramentas que possibilitam o acompanhamento de entregas internacionais, gratuitas e pagas. Com elas, basta informar o código recebido no momento do despacho e monitorar o trajeto do pacote.

Última atualização:

17

de

June

de

2022

Deixe seu comentário sobre esse artigo